27 de novembro - Celso Fonseca | Encerramento da Programação Ibeu 2014




Celso Fonseca é cantor, compositor, produtor e músico. Carioca, com 15 discos lançados e diversos prêmios no Brasil e exterior, teve o álbum “Juventude/Slow motion Bossa Nova” indicado a dois prêmios Grammy, além de estampar as capas dos cadernos culturais dos jornais mais importantes do mundo, e participar do programa Later with Jools Holland, da BBC, onde já se apresentaram inúmeros outros artistas consagrados. 

Celso Fonseca já dividiu o palco com artistas como Stevie Wonder, Carlos Santana e a grande lenda do jazz, Dizzy Gillespie. Seus shows pelo mundo são frequentados por artistas como Sting e Jamie Cullum, e já foi até cumprimentado por sua performance como guitarrista por ninguém menos que Eric Clapton. 

No Brasil, o carioca teve suas músicas gravadas por artistas como Maria Bethânia, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Gal Costa, Adriana Calcanhoto, Caetano Veloso, Nana Caymmi, Luiz Melodia, Mart'nália, Roberta Sá, Zizi Possi, Ney Matogrosso, Sandra de Sá, Dominguinhos, Bossacucanova, Jamelão, Marcos Valle, Daniela Mercury, entre outros. 

Há quatro anos, uma canção escrita sob encomenda por ele e Ronaldo Bastos é o tema de final de ano da Natura e já foi ao ar nas vozes de Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Dona Ivone Lara, Marcelo Jeneci e do coro da Osesp, entre outros intérpretes. Você também, com certeza, já ouviu sua voz em temas de novela na Rede Globo, como "She's a carioca" (dueto com Cibelle em America), "Você não entende nada" (Duas caras), "La píu bella del mondo" (Páginas da vida), "Ela só pensa em beijar" (Escrito nas estrelas) e "Um dia de domingo" (com Ana Carolina em Caras e bocas). Ou com certeza conhece composições suas nas vozes de outros artistas em outras produções, como Mart'nália e Luis Melodia em Insensato Coração ("Ela é minha cara" e "Ela vai pro mar"), Maria Bethania em Direito de amar ("Sei de cor") ou Rita de Cássia em Passione ("Cama vazia"). 

Como músico, Celso Fonseca já acompanhou ou gravou com os melhores artistas da nossa MPB, como Gilberto Gil, Milton Nascimento, Djavan, Gal Costa, Jorge Ben Jor, Chico Buarque, Caetano Veloso, Elza Soares, Marisa Monte, Adriana Calcanhotto, João Bosco, Jorge Mautner, Sergio Sampaio, e Raul Seixas, além do lendário guitarrista Carlos Santana. Como produtor, já esteve a frente de trabalhos com Vinícius Cantuária, Gilberto Gil, Gal Costa, Virgínia Rodrigues, Daniela Mercury, Daúde, Dulce Quental, Zeca Baleiro, Paulinho Moska, Mart'nália, Paula Morelenbaum e do grande mestre da guitarra portuguêsa António Chainho, dentre outros. 

No Centro Cultural Ibeu, Celso apresenta um panorama de sua carreira, em um show voz e violão de atmosfera intimista.

A apresentação é gratuita, com início às 19h. Distribuição de senhas na portaria do prédio do Ibeu 1h antes do show. 

CENTRO CULTURAL IBEU 
Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 690/11º andar - Auditório 
 Copacabana, Rio de Janeiro | Informações: (21) 3816-9458